9 de fev de 2009

Poesia

Há uma gota de indecisão a cada dia
Que forma um imenso mar de dúvidas em minha vida
Sonhos que vão como folhas ao vento
Que viajam para não mais voltar!

Desejos perdidos no tempo
Que custo a encontrar
Caminhos que levam a lugares obscuros
Lembranças que são absurdamente imaturas

Sussurrar ao teu ouvido,
Porém não mais me pertence.
Verdadeiros pesadelos tenho constantemente como se viessem para torturar-me.

A mim só resta charlar,
Porque terei assim um entretenimento
A cada dia de minha vida sem você.


Melissa Corrêa

Nenhum comentário:

Postar um comentário